Rate this post
TEXTO RAMÓN OLIVER | FOTOGRAFIAS MAPFRE
A Fundación MAPFRE mobilizou uma quantia extraordinária de 10 milhões de euros destinados ao combate à pobreza, à desigualdade e à exclusão social nos países da América Latina. Os efeitos da Covid-19 estão sendo devastadores em todo o mundo, e não apenas no que diz respeito à saúde. A América Latina não está alheia a esta “outra” pandemia, levando em conta que, além disso, chove no molhado nesta região do planeta, que já passava por um momento muito delicado antes mesmo da chegada da pandemia. Uma situação que a emergência sanitária apenas agravou.

A outra pandemia da pandemia

Para aliviar as consequências desta crise, Tu Fundación aumentou em 10 milhões de euros sua ajuda à América Latina para realizar 62 projetos em 17 países que ajudam a lutar contra os efeitos econômicos da covid-19. Esse valor chega para completar uma linha de ajudas extraordinárias covid-19 que investiu um total de 45 milhões de euros desde março do ano passado para proteger as pessoas mais vulneráveis em 27 países ao redor do mundo.

Um ambicioso plano de enorme complexidade logística, no qual a Fundación não atuará sozinha. A entidade contará com a colaboração imprescindível de seus 5.000 voluntários na América Latina e a colaboração de 181 entidades, como CESAL, Médicos do Mundo e o Instituto Rede Mulher Empreendedora.

Necessidades básicas

Garantir a alimentação básica e evitar a desnutrição, com foco especial na população infantil, é um dos objetivos mais urgentes e prioritários deste plano. Tu Fundación já começou a distribuir sua Caixa Alimentar Fundación MAPFRE em países como Argentina, Brasil e México. Trata-se de um suplemento nutricional que não necessita refrigeração e permite garantir níveis básicos de nutrientes em crianças menores de 10 anos. Além disso, a caixa se converte em um brinquedo e contém outros materiais educativos para que as crianças brinquem enquanto aprendem.

Outros projetos que visam garantir níveis mínimos de nutrição são uma contribuição de 25.000 cestas básicas ao Banco de Alimentos do México destinadas a famílias carentes e uma iniciativa de distribuição de alimentos entre pequenos agricultores do Peru, incluindo um biscoito fortificado para reduzir a desnutrição infantil. Além disso, serão ministradas capacitações em saúde e nutrição para mães e professoras da região.

“Nenhuma pandemia nos fará renunciar ao nosso compromisso com o progresso social. Queremos ajudar a salvar todas as vidas possíveis e proteger os mais expostos socialmente e os que lutam contra o coronavírus na linha de frente”.

Grupos vulneráveis ​​

As mulheres são um grupo particularmente vulnerável neste contexto de emergência. Com níveis precários de inserção profissional, a CEPAL alerta que sua exposição ao desemprego e à privação social é significativamente maior do que a dos homens. Além disso, o confinamento aumentou a carga de trabalho doméstico não-remunerado para as mulheres, bem como a incerteza laboral em profissões como as empregadas domésticas. Um dos projetos da Tu Fundación visa justamente promover a empregabilidade, a formação e o empreendedorismo das mulheres nos países latino-americanos. Cerca de 8.500 brasileiras e 2.700 mexicanas receberão formação em empreendedorismo e ajudas para dar início a seus próprios projetos. O objetivo dessas medidas é capacitar tecnicamente essas mulheres, ao mesmo tempo que lhes dá suporte financeiro para as necessidades básicas de suas famílias. E o mais importante: as ajuda a serem autossuficientes e a construir sua autoestima.

A deficiência é outro segmento com altos níveis de vulnerabilidade. A Fundación MAPFRE tem como um dos objetivos prioritários para 2021 a integração laboral das pessoas com qualquer tipo de deficiência. Colômbia, El Salvador, República Dominicana e outros oito países receberão programas de formação e estágios em empresas, enquadrados em um plano lançado juntamente com a Fundación ONCE na América Latina. Outras iniciativas interessantes neste meio já foram iniciadas no Uruguai, com a realização de uma série de workshops produtivos sobre hortas, culinária e confeitaria. O Uruguai também será destino de uma série de espaços de socialização para crianças e adultos com deficiência. Este projeto visa garantir os direitos dessas pessoas e foi desenvolvido em colaboração com a Asociación Civil Mariposas.

Formação para a empregabilidade

Aumentar a empregabilidade da população com maior dificuldade de acesso ao mercado de trabalho é outro dos pilares do plano. Tu Fundación iniciou projetos em vários países em termos de empregabilidade e digitalização para ajudar na recuperação de suas economias. Projetos como a instalação de pontos de acesso gratuito à internet no Brasil ou a oferta de programas de capacitação em culinária e educação financeira básica para mulheres que montaram pequenos refeitórios populares no Chile. A formação também é protagonista de um projeto de educação em prevenção de catástrofes naturais e autoproteção em higiene sanitária contra a Covid-19 em 35 escolas rurais da Nicarágua.

Equipamentos médicos

A escassez de recursos para enfrentar a pandemia atua como um agravante de outros problemas derivados da mesma. A falta de suprimentos médicos é uma das dificuldades mais urgentes para os países latinos. Para tentar amenizar essa necessidade, a Fundación MAPFRE adquiriu importantes remessas de material médico que serão distribuídos entre os países da região. Honduras, por exemplo, receberá suprimentos médicos no valor de 120.000 mil euros e no principal centro de atendimento hospitalar público do país, o Hospital Escuela, serão instaladas 12 vagas de UTI que permitirão o atendimento de uma média de 150 pacientes por mês. Outros beneficiários dessas ajudas são Costa Rica, Peru, Venezuela e Paraguai, com projetos que vão desde a aquisição de equipamentos de reabilitação para pacientes com sequelas até o fornecimento de medicamentos básicos e materiais de higiene pessoal e sanitário para idosos.

EM NÚMEROS

A economia da região encolheu 9,1% em 2020, com quedas no PIB de 5,3% e aumento do desemprego de 3,4 pontos percentuais

Segundo estimativas da CEPAL, o ano de 2020 terminou com o péssimo saldo de 231 milhões de pessoas vivendo em situação de pobreza e outras 96 milhões em extrema pobreza na América Latina

Tu Fundación ampliou em 10 milhões de euros sua ajuda à América Latina para realizar mais de 60 projetos em 17 países

Share This