TEXTO NURIA DEL OLMO | FOTOGRAFIAS MAPFRE
Construir um mundo melhor, mais justo, mais igualitário, mais próspero e mais seguro. É isso que significa sustentabilidade e o que a MAPFRE busca com #apartequenostoca, um conceito dirigido às pessoas e baseado nas ações e nos feitos, que representam a parte que cada um de nós deve fazer, os milhares de gestos que se somam ao objetivo comum de proteger o planeta e construir um presente e um futuro para as pessoas. Junta-se a nós?
Resumir em poucas palavras um compromisso de quase 90 anos não foi uma tarefa fácil, mas foi essencial. A MAPFRE buscava um slogan alegre e otimista, com o qual pudesse vincular emocionalmente seus funcionários, clientes, acionistas e a sociedade em geral, para deixar claro que a sustentabilidade é uma realidade em que a empresa acredita e atua há muito tempo com o objetivo contribuir para a construção de um presente e de um futuro melhor, sempre a partir do compromisso coletivo.

Depois de várias semanas de apresentações nas quais participaram sete agências de comunicação e cujas propostas foram analisadas pelos responsáveis das áreas de Meio Ambiente, Comunicação, Sustentabilidade, Recursos Humanos e Reputação da MAPFRE, chegou o tão esperado anúncio. Cinco palavras traduzidas nos idiomas corporativos, que farão parte de todas as ações de comunicação com as quais a MAPFRE divulga o seu forte compromisso social, o conceito que melhor a posiciona e que exporta para mais de 40 países.

#apartequenostoca representa justamente esse compromisso de todos em somar ao objetivo comum de construir um mundo mais sustentável, ou seja, mais justo, mais próspero, mais ético, mais igualitário, mais diverso, mais colaborativo e mais ecológico.

Um trabalho de todos

O lema, cuja versão em inglês é #playingourpart e, em português, #apartequenostoca, é focado naqueles desafios globais para os quais, a partir da nossa atividade, podemos contribuir e que devemos abordar juntos na nova reconstrução.

Nos referimos às mudanças climáticas, à economia circular, à inclusão e o talento, especialmente das mulheres e das pessoas com deficiência, à educação financeira e de seguros, aos investimentos socialmente responsáveis, à economia do envelhecimento, à ética, ao rastro social e à Agenda 2030. Transmite também a ideia de que não podemos nos permitir ser indiferentes, não podemos nos esconder, não devemos nos esquivar dos problemas e devemos nos posicionar.

Com esta proposta inovadora e criativa, a empresa agrega ao valor da confiança que transmite à sociedade e responde à necessidade de oferecer uma abrangência global que sirva de marco para a compreensão de todo o plano de sustentabilidade que a empresa desenvolve.

#Apartequenostoca a cada um de nós no desenvolvimento sustentável, esses milhares de gestos, simples, mas importantes, que se somam ao objetivo comum de construir um mundo mais sustentável, mais justo, mais próspero, mais ético, mais igualitário, mais diverso, mais colaborativo e mais ecológico.

Rastro social

As empresas não só devem gerar riqueza exclusivamente material, mas também riqueza ética e, acima de tudo, humana. A MAPFRE trabalha com esse objetivo por ser uma empresa comprometida com a geração de rentabilidade social.

A empresa afirmou em diversas ocasiões que, sem ética, não pode haver negócio, princípio que se aplica a tudo o que faz e que lhe permite zelar pelo bem-estar das pessoas que vivem nas comunidades onde opera. Essa é justamente sua principal vantagem competitiva.

“A Agenda 2030 pode e deve contribuir para mudar o mundo e, na MAPFRE, estamos totalmente comprometidos com seus objetivos, que são uma soma de compromissos, onde todos devemos contribuir e buscar soluções”, afirmou Antonio Huertas, presidente da MAPFRE, em diversas ocasiões.

Pessoas e Planeta

Em 2019, a MAPFRE aprovou o Plano de Sustentabilidade 2019-2021, que tem como principal objetivo posicionar a empresa como referência em transparência, sustentabilidade e confiança. Trata-se de um roteiro transversal para todo o Grupo, que lhe permite avançar nos seus compromissos em matéria ambiental, social e de governança.

A MAPFRE atua ante a emergência climática e, nesse sentido, trabalha intensamente para ser uma empresa neutra em emissões de carbono na Espanha e em Portugal até 2021, e no Grupo como um todo até 2030. Também protege seus principais ativos, entre eles, seus colaboradores e seu talento, e neste sentido, defende a diversidade, a igualdade de oportunidades, atua ante todos os tipos de lacunas e brechas sociais, integra todas as pessoas, também as com deficiência, e desenvolve ambientes de trabalho saudáveis que valorizam a capacidade de criação e inovação de todos.

Nesse sentido, possui funcionários de 84 nacionalidades (diversidade cultural), dos quais 55% são mulheres, que ocupam 40,8% dos cargos de responsabilidade (diversidade de gênero). Além disso, profissionais de cinco gerações atuam no Grupo (diversidade geracional) e 2,5% dos funcionários a nível global são pessoas com algum tipo de deficiência (diversidade funcional).

Dentre seus principais projetos de sustentabilidade, ademais, destaca-se o investimento socialmente responsável, pois entende que é parte da solução para os grandes desafios da sociedade, estando próxima dos mais desfavorecidos através dos 11.300 funcionários e familiares em todo o mundo, que participam do Programa de Voluntariado Corporativo para desenvolver atividades altruístas e solidárias.

Nacionalidades na equipe

%

São mulheres

%

Ocupam posições de responsabilidade

Gerações de profissionais

%

Pessoas com deficiência

Pequenos gestos, grandes mudanças

“As grandes mudanças são construídas a partir de pequenos esforços que repetimos todos os dias e, há 86 anos, trabalhamos para deixar um rastro positivo nos países onde estamos presentes. É por isso que apresentamos #AParteQueNosToca”.

Com estas palavras em espanhol, inglês e português inicia o vídeo de apresentação deste novo lema, que foi estreado na última Assembleia Geral de Acionistas, realizada em março deste ano, e que se encontra traduzido nos três idiomas corporativos para que todos os países onde estamos presentes possam mostrar o compromisso com a sustentabilidade de uma empresa global como a MAPFRE.

Defendemos a diversidade, a igualdade de oportunidades, atuamos diante de todos os tipos de lacunas e brechas, integramos todas as pessoas, também as com deficiência, e desenvolvemos ambientes de trabalho saudáveis que potenciam toda a capacidade de criação e inovação dos funcionários.

Um investimento responsável

TEXTO DANIEL BADÍA

A MAPFRE, por meio da MAPFRE AM, sua gestora, tem focado no Investimento Socialmente Responsável (ISR). Há anos somos signatários dos Princípios do Investimento Responsável (PRI), por isso, temos a responsabilidade de aplicar os critérios ASG (Ambiental, Social e de Governança) em todos os processos de investimento. Adicionalmente, a gestora possui uma gama específica de fundos ASG que não só são distribuídos a investidores minoritários, como também passaram a ser oferecidos a clientes institucionais ante à crescente demanda detectada.

Embora o objetivo seja integrar estes critérios ASG em todas as carteiras que a MAPFRE AM administra, que representam cerca de 40 bilhões de euros, atualmente conta com quatro fundos de investimento, um plano de pensões e uma EPSV. Não se trata apenas de cumprir os critérios, mas de integrá-los na tomada de decisões. Nesse sentido, no final do ano passado foi lançado o MAPFRE AM Inclusão Responsável, um fundo que foi tomado como exemplo pelas Nações Unidas em seu guia de boas práticas dos ISR. Esse fundo investe em empresas que não apenas cumprem com os critérios ASG, como também promovem de forma especial a inclusão de pessoas com qualquer tipo de deficiência.

No âmbito dos fundos sociais, foi lançado em abril o MAPFRE AM Compromisso Sanitário, um fundo para financiar os serviços de saúde em Madrid, tão essenciais na situação atual. Esse fundo investiu todos os seus ativos em um “Título de Saúde Social” da Comunidade de Madrid, emitido especificamente para o fundo e destinado exclusivamente ao combate à Covid-19.

Na área de governança, contamos com o MAPFRE AM Good Governance Fund, lançado em 2017. Trata-se de um fundo que busca as melhores práticas de boa governança corporativa em empresas europeias e americanas para construir seu portfólio.

E a gama se completa com o MAPFRE AM Capital Responsável, também na forma de um fundo de pensão. A medição do impacto de todas essas iniciativas tem cada vez mais importância, uma vez que os clientes demandarão isso. Por isso, recentemente, a MAPFRE AM chegou a um acordo com a gestora Global Social Impact (GSI) para conceder financiamentos a empresas de alto impacto social em mercados fronteiriços e emergentes. Isso será feito por meio de um fundo aberto de dívida privada, denominado Fundo de Impacto Social Global (GSIF), que inicialmente se concentrará em modelos de negócios consolidados na África Subsaariana e potencialmente se expandirá para a América Latina.

Share This