Rate this post

Aproveitando o próximo lançamento do Modelo Operacional de Trabalho por Projetos, nossos protagonistas desta edição do El mundo da MAPFRE vão nos introduzir ao interessante mundo do trabalho por projetos, que estimula a criatividade, o trabalho com equipes multidisciplinares e a motivação.

Alguns deles passam anos colaborando neste tipo de projetos, enquanto para outros, é toda uma novidade. Todos coincidem na grande oportunidade que representa poder colaborar com funcionários de outras funções e gerar a mudança interna. Destacam a importância da aprendizagem contínua e o apoio entre os membros da equipe.

Araceli Campos  Navarro

Araceli Campos Navarro

Responsável pelo Desenvolvimento de Negócio Automóveis e Danos MAPFRE México

Trabalhar por projetos estimula sua criatividade, o trabalho em equipe e sua motivação, convido-lhe a experimentar este novo estilo de trabalho

Trabalhar em projetos na MAPFRE é muito importante e reconfortante, deixou-me muitos ensinamentos e motivou-me, assumi desafios nos quais ressaltaram minhas qualidades como a criatividade e a solução de problemas. Também, ao trabalhar com pessoas de outras áreas, desenvolve-se a aprendizagem efetiva de cada participante e desta forma fomenta-se a autonomia e ao mesmo tempo o trabalho em equipe, o que também me serviu para minha vida cotidiana, já que fortaleço destrezas sociais para solucionar de maneira autônoma desafios que aparecem em meu dia a dia.

Comecei a trabalhar por projetos em 2019 e estive em diferentes projetos como o desenvolvimento de um modelo de atuação comercial, o plano automóveis, o modelo residencial, as redes exclusivas, a produtividade de equipes comerciais, o centro de conservação de carteira. Também trabalhei na implantação e otimização de soluções tecnológicas, na sala de aula de vendas, provas de seleção de intermediários…

Aprendi a trabalhar em equipe, a solucionar problemas e a me orientar em busca do resultado requerido. Com cada um dos projetos conheci gente de diferentes áreas da MAPFRE e entendi sua função e atividade que desempenha na empresa.

Participei com vários colegas de diferentes áreas e isso me deixou muitos ensinamentos em relação a funções e atividades, isto aumentou meu conhecimento diante de qualquer dúvida ou problema a resolver e me tornei mais direta e sobretudo rápida e eficaz na resposta.

Erika de Vasconcellos Gazeta

Erika de Vasconcellos Gazeta

Gerência de Portfólio de Projetos Estratégicos e TI MAPFRE BRASIL

Atuar em projetos significa poder viver as mudanças e contribuir com meu know-how para a criação de processos e melhorias

Minha experiência em projetos começou há pouco mais de 10 anos em outras empresas do ramo da tecnologia, mas aqui na MAPFRE comecei faz dois anos, ao princípio da pandemia com muitos desafios e intercâmbio de conhecimentos em negócios e sistemas, além de todas as adaptações que foi preciso fazer na vida e no trabalho.

Diante de tantas mudanças, a MAPFRE fez um movimento para transformar o novo momento em ações colaborativas, treinamentos com especialistas em negócios e metodologia ágil, além de cursos à nossa disposição no portal SuccessFactors. Assim começou minha experiência com projetos.

Atuar em projetos para mim significa poder viver as mudanças e contribuir com meu know-how para a criação de processos e melhorias. Um exemplo foi ter participado do piloto de trabalho por projetos, junto com a equipe de Recursos Humanos, no qual através dos gerentes de projetos, PMO (escritórios de gestão de projetos) e equipes de negócio, foi possível identificar um novo modelo de trabalho, focado no uso de ferramentas corporativas e na aplicação de práticas de fato.

Como gerente de projetos estive à frente do programa Conexão Global 2020, dando apoio às áreas de atuariais, operações e automóveis, e em 2021 ampliou-se às áreas de assistência, vida, finanças, meios, pessoas, sinistros, recursos humanos e comunicação. E como reflexo desta extensão pelos diferentes ramos do negócio aprendi a lidar com inconvenientes do dia a dia, mantendo sempre o objetivo na entrega e na satisfação de todos os meus clientes internos.

Na estrutura atual, dependo de TI e trabalho com diferentes áreas de apoio em projetos, como: gestão de contratos de TI e investimentos, controle econômico e métricas, qualidade de provas, funcional, normas e processos, soluções tecnológicas, infraestrutura, arquitetura, cibersegurança e cumprimento.

Por atuar com projetos da MAPFRE, estou implicada em diferentes áreas. Isso me permite, por exemplo, que em certos momentos eu esteja com a equipe de negócios tratando de temas referentes ao que eles demandam e posteriormente participe em um fórum sobre novas tecnologias. Esta interação me ajudou, e ainda me ajuda, a ter um crescimento e entendimento muito grandes no que diz respeito à carteira de produtos da empresa.

Eric Martínez Meléndez

Manager Support Information Technology. MAPFRE-Porto Rico

Na MAPFRE mudamos e o que antes fazíamos como parte de um departamento se faz agora por projetos em todos os níveis

Trabalhar por projetos na MAPFRE permitiu-me ver como vão se alcançando os objetivos de uma maneira organizada e constante.  Com os anos e a experiência alcançamos conhecimentos que nos ajudam a realizar nossas atividades diárias de maneira mais eficiente. No entanto, trabalhar em projetos deu-me uma visão mais ampla dos objetivos e de como os alcançar. O resultado do meu trabalho individual afeta o resultado de muitos, portanto seguir uma metodologia de trabalho por projetos se transforma no mais importante para alcançar cada um dos objetivos estabelecidos.

Trabalho no departamento de TI, portanto desde que comecei a trabalhar na MAPFRE no ano de 2000 já vinha trabalhando com metodologias de projetos. Sei que os tempos mudam e todas as coisas vão evoluindo, portanto também pude ver como na MAPFRE mudamos e o que antes fazíamos como parte de um departamento se faz agora por projetos em todos os níveis.

Considero que participar de projetos é muito importante e me fez crescer profissionalmente, ampliar meus conhecimentos e ter a visão de todas as peças que devem ser consideradas, como em um quebra-cabeças.

Todos os anos trabalhamos com um planejamento estratégico ao nível de país, por sua vez ligado a um planejamento global. Durante este ano, posso destacar minha participação nos projetos de implantação da NIIF 17 para MAPFRE corporativo e a implantação da ferramenta RE21 para o negócio cedido.
São projetos importantes que envolvem muitas pessoas e de diferentes países, o que me ensinou a ser mais organizado e trabalhar com as equipes que não são as que tradicionalmente conheço. Isto proporciona maior experiência e valor a meu esforço.

Efetivamente, trabalhar em projetos permitiu-me conhecer novas pessoas que realizam funções muito diferentes das minhas, portanto conheço mais de seu trabalho e suas funções, mais dos objetivos e de como chegar a eles e sem dúvida conheço mais da MAPFRE.

Jesús Molina Merchán

Jesús Molina Merchán

Analista de qualidade e metodologia MAPFRE TECH

Trabalhar por projetos com pessoas de diferentes áreas lhe permite ter uma visão da empresa mais ampla e variada

Estive colaborando com projetos desde que me incorporei à MAPFRE há dois anos e meio já, no entanto, faz um ano que estou tendo uma participação mais ativa e mais clara.

Participar em projetos permitiu-me ver de uma maneira mais clara minha contribuição à empresa, comprovar como você aumenta o valor da empresa, ver como vai crescendo e avançando o projeto e como uma empresa do tamanho da MAPFRE vai integrando uma coisa que leva o nome de sua equipe.

No meu caso, o projeto em que mais ativamente participei foi DevOps, com o qual aprendi muito, não só sobre as tecnologias envolvidas, mas também assimilando uma forma diferente de trabalhar, mais orientada a uma entrega de valor rápida e eficiente. Este é um projeto que está transformando a TI em modelos mais automáticos e que vai permitir melhorar o Time2Market dos aplicativos da MAPFRE.

Pela natureza do projeto, a equipe é formada por pessoas de diferentes áreas e com diferente formação e nele cada um passa seus conhecimentos. Além disso, também compartilham sua visão da empresa, o que lhe permite ter uma visão da empresa mais ampla e variada. Pessoalmente aprendi muito com todos os membros da minha equipe. Não só pelos conhecimentos, mas também pela forma de trabalhar.

Além de mostrar uma boa disposição e tratar de ajudar em tudo o que seja possível (ainda que não seja seu campo), meu conselho principal é que se aproveitem todos os recursos do projeto, principalmente os recursos humanos, e que se apoiem na equipe em tudo o que seja necessário para poder avançar.

 Antonio Crespo García

Antonio Crespo García

Responsável desenvolvimento ágil NSE (Emissão Não vida) MAPFRE ESPANHA

O principal é entender que isto são PESSOAS fazendo produtos e projetos para outras PESSOAS.

Eu pertenço à área de tecnologia, então a gestão por projetos é uma coisa que já está no DNA da área e já tenho muitos anos participando em diferentes projetos da empresa.  

É gratificante sentir que com sua participação em projetos você contribui para construir o futuro da empresa e cumprem-se necessidades ou desafios identificados pela mesma.

Alguns dos projetos mais significativos para mi m foram por exemplo a criação da Gesalud, que remonta às minhas origens lá em 2005 quando eu era ainda colaborador, um aplicativo que continua usando nossa rede comercial atualmente. Posteriormente participei de muitos dos projetos realizados para melhorar o aplicativo, inclusive lembro com carinho dos projetos para permitir que da Internet ou de diferentes canais bancários se pudessem comercializar produtos de saúde.  Nos últimos dois anos, estou imerso em um lindo projeto para incorporar ao novo sistema de emissão o ramo de saúde onde, além do desafio de negócio e tecnológico, decidimos focar em um mindset agile e trazer uma maneira diferente de focar neste tipo de projetos. Aqui aprendemos diariamente e a maior aprendizagem está sendo a gestão da incerteza, apoiando-nos na tecnologia que evidentemente é um ótimo habilitador. O principal é entender que isto são PESSOAS fazendo produtos e projetos para outras PESSOAS.

Tive a honra de aprender com muitos colegas e isto sem dúvidas está me permitindo conhecer a empresa de uma maneira mais transversal. Particularmente me fascina observar e aprender com outras pessoas e ver como se desenvolvem no desenvolvimento de suas funções dentro dos projetos.

Eu gosto de valorizar a importância de escutar mais do que falar e de conectar-se com o resto dos membros da equipe. Todos nós erramos, todos aprendemos, especialmente nestas épocas tão incertas em que a realidade mutável faz com que seja preciso adaptar-se pelo caminho e ir tomando decisões segundo a informação que se tem.

Share This