Em memória de Karla Martell (R.I.P).

TEXTO LILY CEDRÓN, JUAN PABLO CASTRO | FOTOGRAFIA MAPFRE, ISTOCK

A saúde mental nos permite dar um sentido positivo ao nosso trabalho, fortalecer nossa autonomia e nos dá recursos para lidar com situações estressantes, aproveitar a vida e desenvolver nosso potencial. Em termos de saúde pública, é considerada um elemento necessário para o desenvolvimento econômico e social dos países, e sua cobertura universal está contemplada no terceiro Objetivo de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Muitos trabalhadores enfrentam dificuldades psicológicas que podem passar despercebidas nas organizações e que afetam a qualidade de vida, a produtividade, o comprometimento com o trabalho, o relacionamento interpessoal e o funcionamento diário.

Estima-se que 1 em cada 4 pessoas no mundo terá um transtorno mental ao longo da vida (OMS, 2016). Essa situação foi agravada pela propagação da COVID-19 e pelas importantes transformações ocorridas na economia e na sociedade, com impactos nas condições de vida e bem-estar psicológico da população. Diante dessa realidade, é importante abrir um diálogo sobre a saúde emocional no trabalho e desestigmatizar a necessidade de apoio psicológico. Na MAPFRE, uma das nossas prioridades é dar uma resposta precoce aos nossos funcionários para fortalecer o seu bem-estar emocional.

Como surgiu o programa de aconselhamento psicológico?

O Programa de Aconselhamento Psicológico (PAS) da MAPFRE Peru foi fundado em 2016 pela psicóloga Karla Martell como resposta à necessidade dos colaboradores de contar com um espaço de apoio emocional para enfrentar as diversas situações de suas vidas profissionais e pessoais. É composto por psicólogos que, a partir de um modelo de intervenção breve, proporcionam sessões individuais de psicoterapia aos funcionários que delas necessitem. As consultas são realizadas presencialmente ou online com o objetivo de chegar a todas as províncias do país, com uma média de seis sessões por paciente.

Inicialmente, o PAS foi proposto como um benefício de uso individual dirigido especificamente aos nossos colaboradores de funerárias e cemitérios, bem como aos assessores da rede de falecimentos, que apresentam um maior risco psicossocial devido à natureza de suas funções. No entanto, o bom recebimento do programa exigiu a ampliação progressiva de seu alcance para todas as unidades da empresa.

Posteriormente, foram sendo desenvolvidos outros espaços de apoio, como a iniciativa “A MAPFRE Te Acompanha” (2017), para o setor funerário da empresa e os “Grupos de Diálogo” (2018), que consistem em uma série de encontros entre os líderes de áreas específicas para o fortalecimento de suas capacidades e o fomento de uma cultura de trabalho positiva nas equipes. Além disso, a iniciativa “MAPFRE Comigo” (2019) direciona esforços para prevenir a violência de gênero, situação que é abordada de forma interdisciplinar em conjunto com outras áreas de Recursos Humanos.

El programa de asesoría psicológica de MAPFRE Perú, un punto de inflexión para la salud mental
Equipe de psicólogos do PAS (2016-2019) Lily Cedrón, Karla Martell e Juan Pablo Castro

Quais são seus resultados?

Desde 2016, o PAS já recebeu mais de 400 funcionários que foram beneficiados pelo programa, acumulando 1.635 atendimentos até o momento (setembro de 2020). Os motivos das consultas estão expostos na Figura 1 no final desta página.

Como se pode observar, os sintomas de ansiedade, as dificuldades familiares e o estresse laboral são os motivos mais comuns que afetam psicologicamente os trabalhadores, o que tem um impacto tanto na vida pessoal quanto no trabalho.

Nesse sentido, estudos sobre saúde mental e produtividade nos últimos 20 anos têm evidenciado sistematicamente que programas de intervenção psicológica no trabalho favorecem o bem-estar e o desempenho dos funcionários. Partindo dessa premissa, realizamos uma análise com um consultor externo sobre a relação entre a produtividade dos agentes comerciais e a psicoterapia proporcionada pelo PAS. Os resultados mostraram que existe uma relação estatisticamente significativa entre o uso do PAS e uma melhora na produtividade dos agentes comerciais. Especificamente, houve diferenças significativas na produtividade registrada três meses antes da intervenção psicológica e três meses após a mesma, a favor da produtividade pós-programa.

A nível descritivo, no Gráfico 2 pode-se observar uma diferença na média das vendas realizadas antes e depois da intervenção.

Contexto COVID-19

Diante da crise causada pela pandemia, surgiram as lógicas preocupações sobre como fornecer ajuda psicológica de forma rápida e correta. Assim, colocamos à disposição dos funcionários uma linha telefônica para primeiros socorros psicológicos, a Linha PAS. Até o momento, neste ano, obtivemos um aumento de 28% nas solicitações de atendimento em relação aos anos anteriores, o que reflete a necessidade de um espaço de contenção emocional para a equipe nesse período de emergência.

Além disso, desenvolvemos ações formativas para o cuidado da saúde mental em tempos de crise, fornecemos um acompanhamento psicológico para aqueles que estão retornando ao escritório e contamos com um programa especial de apoio ao pessoal do setor funerário, que estão na linha de frente do atendimento. Este último representou um desafio metodológico para o PAS, pois, em um curto espaço de tempo e diante de equipes com horários rotativos, tivemos que implantar um sistema virtual de apoio em grupo para um coletivo que está passando, provavelmente, pela fase mais exigente de suas carreiras.

Tentar enfrentar a atual conjuntura em que vivemos requere um grande esforço mental e emocional para muitos de nós. Porém, temos a certeza de que devemos continuar garantindo um espaço seguro para continuar contribuindo, com respeito e cuidado, para a saúde do colaborador.

Contexto COVID-19
Share This