Rate this post

TEXTO PABLO FUENTES | IMAGENS MAPFRE

A MAPFRE implantou na Espanha um sistema de flexibilidade com uma bolsa de 125 horas trimestrais de trabalho remoto voluntário, que permitirá aos funcionários organizar sua jornada de trabalho de acordo com as necessidades de cada momento e a empresa ganhará em agilidade e eficiência.

No campo específico da gestão de pessoas, um aspecto chave para se adaptar à nova realidade derivada da pandemia é a flexibilidade, a necessidade de mudar e avançar para relações trabalhistas mais flexíveis, porque é isso que nossos profissionais, nossos clientes e nossos negócios precisam.

Assim que começamos a vislumbrar o fim da pandemia, Elena Sanz, diretora geral de Pessoas e Organização, declarou que devemos “nos comprometer com a flexibilidade no tempo de trabalho e avançar para um modelo híbrido global, porque quanto mais flexibilidade você der às pessoas, mais gratas elas ficarão, pois podem projetar suas vidas da maneira que quiserem”. Suas palavras significam que, na MAPFRE, o tempo tem significado.

O novo modelo híbrido de trabalho remoto da MAPFRE é um sistema pioneiro de flexibilidade, que permite aos funcionários organizar seu dia de trabalho de acordo com suas necessidades a qualquer momento.

    Neste contexto, a MAPFRE implementou um modelo híbrido de trabalho remoto na Espanha, que estabelece novos mecanismos de flexibilidade para avançar em direção a um modelo organizacional mais flexível, o que permitirá à MAPFRE ganhar em agilidade e eficiência e, portanto, ser ainda mais excelente em seu serviço aos nossos clientes.

    O novo modelo híbrido de trabalho remoto da MAPFRE é um sistema pioneiro de flexibilidade, que permite aos funcionários organizar seu dia de trabalho de acordo com suas necessidades a qualquer momento. Como? Com uma bolsa de 125 horas trimestrais de trabalho remoto, que os profissionais da MAPFRE na Espanha poderão utilizar voluntariamente. Esta bolsa pode ser utilizada por horas ou dias, a critério do funcionário. Para facilitar ainda mais a flexibilidade, o novo modelo inclui outras medidas inovadoras, como fazer uma pausa durante o dia de trabalho, além do almoço, e respeitar a janela de presença, se o trabalho remoto for feito por hora, ou a opção de teletrabalho dois dias inteiros por semana, se for feito por dias, até que o máximo de 125 horas tenha sido usado.

    Com uma bolsa de

    125 horas
    trimestrais

    de trabalho remoto, que os profissionais da MAPFRE na Espanha poderão utilizar voluntariamente. Esta bolsa pode ser utilizada por horas ou dias, a critério do funcionário.

    Além disso, os dias de trabalho remoto podem ser realizados em uma segunda residência, o que oferece ainda maior flexibilidade, embora sempre garantindo que o trabalho possa ser implementado com a conectividade adequada e em conformidade com as medidas de prevenção de riscos ocupacionais.

    Em resumo, com este novo modelo híbrido de trabalho remoto, que os funcionários na Espanha começarão a partir de 1 de outubro, a MAPFRE demonstra mais uma vez sua capacidade de adaptação às mudanças e oportunidades da nova realidade social, inspirada por nosso objetivo de cuidar do que é importante para as pessoas.

    Share This