4.5/5 - (2 votes)

Uma equipe de seis auditores millennials da Área Corporativa de Auditoria Interna participou de um projeto de inovação para analisar essa importante função da empresa a partir de sua perspectiva. Uma iniciativa interessante que reflete a diversidade geracional como um grande ativo da MAPFRE.

TEXTO CAROLINA CALVENTE | FOTOGRAFIAS MAPFRE

No início do ano, a Área Corporativa de Auditoria Interna realizou um projeto interessante para analisar essa importante função da empresa do ponto de vista de um millennial. Na iniciativa, chamada de Função de Auditoria Interna: uma abordagem millennial e desenvolvida em colaboração com o Departamento Corporativo de Inovação, participou uma equipe composta por seis auditores millennials. Os participantes aplicaram as metodologias de inovação atualmente utilizadas na MAPFRE, como Design Thinking, Lean Startup, e Customer Development. Essas metodologias concentram-se em entender os problemas e as necessidades do cliente para criar, definir e validar a melhor solução com agilidade.

A iniciativa durou uma semana e foi desenvolvida na sala Innolab da sede corporativa da MAPFRE em Majadahonda (Espanha). Durante os dois primeiros dias, os integrantes da equipe corporativa de inovação explicaram as metodologias mencionadas anteriormente, e especialistas internos deram palestras sobre as iniciativas estratégicas SAM 3.0 (Sergio Gómez Recio) e Saúde Digital (Pedro Díaz Yuste) bem como sobre a evolução da empresa e as tendências do mercado em relação ao Blockchain (Andrés Hevia) e ao Machine Learning (Jose Luis Gallego).

 

 

Posteriormente, os auditores deste projeto desenvolveram um mapa mental a partir do qual foram definidos e abordados diferentes aspectos relacionados à função da Auditoria Interna:

  • A eficiência do processo de Auditoria Interna.
  • A estrutura organizacional.
  • A comunicação, tanto interna quanto externa, e as possíveis sinergias existentes.
  • A qualidade do produto e a função da Auditoria Interna.
  • O conhecimento tecnológico.

 

Como resultado deste trabalho, uma série de propostas de valor foi apresentada ao Departamento de Auditoria Interna, que as analisou individualmente e estabeleceu um cronograma para implementação das propostas consideradas viáveis e que agregavam valor à função.

A principal conclusão deste projeto é a proximidade entre a visão dos millennials e das pessoas de outras gerações em relação à função da Auditoria Interna. No entanto, existem vários aspectos de melhoria, principalmente na metodologia de trabalho.

Dentre eles, destacam-se os relacionados ao aplicativo Auditmap, utilizado no trabalho diário do departamento e que atualmente se encontra em processo de renovação, no qual estão sendo levadas em conta as propostas elaboradas pelos millennials.

José Manuel Muries, diretor geral da Área Corporativa de Auditoria Interna, avalia muito positivamente o projeto e destaca que essa experiência mostra que “na MAPFRE, temos que aproveitar a grande vantagem que nossa diversidade geracional implica, em termos de talento, experiência, criatividade e inovação”.

Ver o vídeo e mais imagens do projeto.

 

 

 

Share This