Ambas as empresas participaram do congresso sobre os aplicativos dos drones para a Engenharia Civil organizado pela Comunidade de Madri.

Em sua terceira edição, a Civildron contou com especialistas mundiais dessas aeronaves, o RPA, Remotely Piloted Aircraft, que afetam diversos setores: reguladores, administrações, setor de seguros, fabricantes, operadores e desenvolvedores de hardware/ software, entre outros.

A CESVIMAP, que há mais de um ano pesquisa com drones para dar suporte ao negócio de seguros da MAPFRE, participou como único expositor na categoria do setor. Também é o primeiro centro de automóveis certificado pela AESA, a Agência Estatal de Segurança Aérea, para realizar voos com drones de até 25 kg de massa máxima na decolagem.

Share This