Funcionários que desfrutam de um processo de mobilidade

Você sabia que é possível viver uma aventura em sua própria empresa? A MAPFRE te ajuda, te dá as ferramentas e prepara o seu caminho, mas o protagonista da aventura é você. Nossos aventureiros deste número concordam que dar um passo à frente e “clicar” na plataforma de mobilidade mudou suas vidas para melhor.

TEXTO VIOLETA MATEO ROMÁN | FOTOGRAFIAS MAPFRE | ILUSTRAÇÕES ISTOCK

É curioso, inquieto, tem vontade de aprender e é ciente das oportunidades oferecidas pela empresa em termos de formação. Mantém seu currículo atualizado na plataforma Success Factors e, apesar de estar feliz com seu cargo, continua verificando as vagas de tempos em tempos e, ocasionalmente, recomendando uma vaga para um colega (outra possibilidade que o Success Factors lhe permite). Além disso, leia o artigo que publicamos na edição 104 desta revista sobre desenvolvimento profissional na MAPFRE e acredite que pode ser um desses funcionários cujo conhecimento cresce. E um dia… acontece! O cargo dos seus sonhos – ou a oportunidade que estava procurando para dar um giro na sua carreira –. Damos um passo ou não? Você terá o apoio total de sua equipe de recursos humanos e seu superior o encorajará a dar esse passo. Está preocupado com o novo idioma? Você não terá uma chance melhor do que essa para praticálo.

E certamente você sente borboletas no estômago antes de clicar no botão de inscrição, mas ao mesmo tempo se sente animado. Nós te contamos como Fernando, Sebastián, Isabel, Matheus, Carolina e Autumn viveram essa experiência.

Nosso Fernando García de la Santa de Meer trabalhou durante três anos na MAPFRE Global Risks como engenheiro de Riscos, enquanto se formava em Economia e Finanças à distância. «Eu sempre me interessei pelo mercado financeiro, e é por isso que decidi dar um giro na minha carreira. Por esse motivo, assim que surgiu uma oportunidade na MAPFRE, eu não quis desperdiçá-la»,afirma.

Fernando quer destacar a empolgação com a qual viveu o processo desde o início, apesar de confessar ter tido «certa preocupação, já que você enfrentará um novo trabalho em sua vida profissional, mesmo que tenha se formado nisso academicamente e seja interessado pela área. Também é difícil se separar dos colegas com quem compartilhou bons momentos e anos de trabalho.»

Ready, ¡nos vamos!

“Eu sempre me interessei pelo mercado financeiro, e é por isso que decidi dar um giro na minha carreira. Por esse motivo, assim que surgiu uma oportunidade na mapfre, eu não quis desperdiçá-la

Fernando García de la Santa de Meer

MAPFRE Global Risk

Mas participar de sua primeira apresentação de resultados trimestrais e de suas primeiras reuniões em Londres e Paris com investidores da MAPFRE deu a ele uma visão mais ampla do trabalho e reconhece que aprendeu muito com as duas experiências.

Suas preocupações com a mudança foram solucionadas pela disponibilidade em todos os momentos da equipe de recursos humanos da Global Risks e da área corporativa à qual ele ingressou.

«Esse processo de mudança enriquece e, é claro, também é um incentivo para seguir uma carreira profissional relacionada aos meus interesses intelectuais e pessoais. Em resumo, estou muito satisfeito com a mudança.»

Fernando também destaca a boa recepção que recebeu de suas novas colegas: «a mudança mais importante é que agora sou o único homem do departamento! Elas até me fizeram usar chifres de rena para o vídeo de Natal da MAPFRE!»

Para Sebastián Brugo, que era um processador de sinistros de automóveis e agora atua como técnico de organização, processos e qualidade na MAPFRE ARGENTINA, «a mudança ocorreu porque eu estava no cargo anterior há cinco anos e, embora eu soubesse fazer e estivesse confortável e feliz com o meu trabalho no setor, diariamente eu sentia dificuldades para encontrar novos desafios e motivações. Assim, quando surgiu a possibilidade de mudar para esse novo setor, fiquei imediatamente interessado, pois era uma oportunidade para aprender novas tarefas e continuar se desenvolvendo dentro da empresa.»

Sebastián não duvidou quando visitou a seção de mobilidade na plataforma Success Factors: «O processo foi muito simples, vi uma vaga do setor de Processos que chamou minha atenção e comecei a pesquisar um pouco sobre o que era. Fiquei imediatamente interessado porque isso significava um desafio para aprender essas novas tarefas que nunca havia realizado, mudando não apenas de cargo, mas também de endereço e até de andar no prédio corporativo.»

Sebastian conseguiu provar durante a entrevista que ele era o candidato certo. Além de expressar seu entusiasmo, ele também aproveitou a oportunidade para esclarecer suas dúvidas: «Eu me inscrevi no sistema e o setor de Recursos Humanos entrou em contato para marcar uma entrevista com eles. Uma semana depois, me telefonaram para me chamar para uma nova entrevista, desta vez com a gerência da área.» Sua incorporação foi precedida por um encontro pessoal que tornou sua chegada mais confortável: «Fui convidado para um café da manhã com minha nova colega de trabalho, para que pudéssemos nos conhecer» e um mês depois já estava trabalhando nesse novo setor.

«Acredito que, trabalhando mais próximo do setor estratégico da sede, complementarei a bagagem adquirida por trabalhar em uma filial da MAPFRE, o que agregará muito valor à minha carreira profissional»

Matheus Vinicius Ferreira Gallo,
MAPFRE BRASIL

Isabel Díaz Sanz levava 18 anos desempenhando diversas funções na rede da MAPFRE ESPANHA quando encontrou a oportunidade de mudar de cargo, função e até de cidade. Ela viu uma vaga no Centro de Controle Geral, na Direção Corporativa de Segurança e Meio Ambiente, e não duvidou: «Eu considerei que era uma oportunidade tanto pessoal como profissional.» Para ela, o momento de clicar no cargo oferecido na plataforma Sucess Factors foi vivida com entusiasmo e, ao mesmo tempo, com expectativa, desde o primeiro momento do processo de seleção até a resposta final.

«A mudança foi total, mudei para um perfil puramente técnico. E eu amo isso.» Todos os protagonistas deste artigo concordam que uma das melhores experiências nas mudanças é o apoio pessoal: «Destaco o dia da minha incorporação. A recepção foi incrível, tanto dos chefes quanto dos colegas, não me senti sozinha em nenhum momento.» Além de sua nova tarefa, Isabel nos conta com humor que em seu próprio país também é possível aprender um novo idioma: «quando cheguei a um departamento altamente técnico, os primeiros dias pareciam falar comigo em outra língua.»

Na sua rota de mobilidade, Isabel teve uma ajuda fundamental: «Considero impecável o relacionamento com os Recursos Humanos, devo agradecê-los por sua gentileza e paciência… Tivemos um feedback muito bom, sem hesitar, são grandes companheiros ao longo do caminho.»

Isabel também mudou de cidade e agradece muito ao marido e aos filhos pelo apoio incondicional, embora eles não tenham conseguido acompanhá-la. Matheus Vinicius Ferreira Gallo mudou de idioma, de país e até de hemisfério para entrar para o departamento de Processos da Área de Tecnologia e Processos da MAPFRE GLOBAL RISKS em Madrid.

Sua vocação internacional é clara desde que ingressou na MAPFRE BRASIL: “Entre meus projetos pessoais estava o de adquirir experiência internacional; de fato, essa é uma das razões pelas quais eu queria trabalhar na MAPFRE, uma empresa com presença global.” Matheus destaca a oportunidade fornecida pelo processo de mobilidade, ele queria ter «o perfil de um funcionário global. Além disso, acredito que, trabalhando mais próximo do setor estratégico da sede, complementarei a bagagem adquirida por trabalhar em uma filial da MAPFRE, o que agregará muito valor à minha carreira profissional.»

Para ele, é essencial manter «uma postura receptiva e otimista» para superar todas as etapas, que ele considera diferentes de outros processos de seleção dos quais participou. Vindas de um brasileiro, suas palavras dizem muito sobre a alegria que Matheus sentiu no dia em que foi anunciado que sua candidatura havia sido aceita: «senti a vibração de um troféu da copa do mundo». Além disso, «o último dia de trabalho no Brasil e o primeiro na Espanha são lembranças que vou levar pelo resto da vida, pelo carinho na despedida e pela recepção dos meus novos colegas.»
Em uma mudança que envolve viagens, vistos, etc., o papel da área de Recursos Humanos é fundamental: «Vivi a verdadeira experiência “cuidamos de você” da MAPFRE, pois me senti acolhido e muito orgulhoso de pertencer à nossa empresa. Tive apoio administrativo e jurídico em absolutamente todos os trâmites necessários.»

«Nossa equipe de recursos humanos te transmite a sensação de que você e sua experiência são realmente importantes e isso faz a diferença.»

Autumn Hicks,
MAPFRE Insurance

Uma vez no novo cargo, Matheus confirma que a primeira habilidade desenvolvida é, obviamente, a fluência em um novo idioma. «Além disso, conviver com pessoas de diferentes origens e culturas me fez repensar muitos pontos de vista e crenças. Em geral, os espanhóis desfrutam muito de seus bairros e cidades e, talvez por isso, tenham fortes laços e hábitos comunitários, o que se reflete em um excelente relacionamento interpessoal na empresa. Portanto, a principal mudança foi transformar minha maneira de pensar sobre a vida social e a relação de confiança com outras pessoas. Apesar de estar longe dos meus parentes e amigos brasileiros, por exemplo, sinto que os laços foram fortalecidos», conclui.

Autumn Hicks, da MAPFRE INSURANCE, foi muito clara: «Nos estágios iniciais da minha carreira na MAPFRE, prometi a mim mesma que continuaria sempre aprendendo e nunca me acomodaria.» Para ela, até o motivo pelo qual aceitou seu primeiro emprego na MAPFRE foi devido à «liberdade de crescer e mudar» oferecida pela empresa.

Depois de quase cinco anos trabalhando em vários cargos e departamentos da MAPFRE INSURANCE, especificamente no departamento de Reclamações, Autumn confessa que «queria mais e precisava crescer. Examinei o cargo de especialista de Compliance e descobri que oferecia espaço para aprender, relacionamento com departamentos e áreas de negócios com os quais nunca havia trabalhado antes e desenvolvimento de novas habilidades.»

Autumn destaca a importância das relações que vinha construindo em seus cargos anteriores: «Quando surgiu o cargo de especialista em Compliance, entrei em contato com vários colegas que já o haviam ocupado anteriormente e com outros que o ocupavam naquele momento para ter certeza de que alcançaria meu objetivo de crescer e prosperar no meu caminho.»

Além disso, contou com outra ajuda valiosa, antes e depois de cada mudança: «Nossa equipe de Recursos Humanos te transmite a sensação de que você e sua experiência são realmente importantes e isso faz a diferença.»

«Vivi o processo de mobilidade com alguma incerteza. No entanto, tudo se desenvolveu de maneira tão simples que, independentemente do resultado, tornou o processo agradável e menos tenso do que eu esperava

Carolina Rodríguez Alcalde,

MAPFRE

Para ela, tudo são vantagens. Embora esteja em seu novo cargo há pouco tempo, já está familiarizada com as diferentes áreas de negócios, procedimentos e sistemas. «Acrescentarei experiência em gestão e ferramentas de liderança e habilidades de falar em público. Estou e continuarei a estar mais bem preparada para meus trabalhos futuros. Continuarei a crescer na empresa e como profissional, como pessoa e como líder.»

Carolina Rodríguez Alcalde estava no mesmo departamento desde que ingressou na MAPFRE «e, embora as funções nele tivessem variado ao longo do tempo, em essência o trabalho era sempre o mesmo e achei necessário ver outras coisas diferentes, ou pelo menos conhecer outra abordagem das questões que constituíam minha vida cotidiana.» Essa inquietude foi o que a levou a iniciar seu processo de mobilidade quando viu na Success Factors uma vaga interessante.

«No começo, vivi o processo de mobilidade com alguma incerteza», confessa, «não pelo fato de saber ou não se eu finalmente conseguiria o cargo ao qual eu havia me inscrito, mas por causa dos testes de seleção que eu tinha que enfrentar, pois é algo a que geralmente não estamos acostumados. No entanto, tudo se desenvolveu de maneira tão simples que, independentemente do resultado, tornou o processo agradável e menos tenso do que eu esperava.»

«Além disso, as mudanças, mesmo que procuradas, sempre geram preocupação, porque, no final, você enfrenta algo novo e em um ambiente diferente. No meu caso, passei do Departamento de Prestações para o Escritório do Defensor do Segurado, para analisar a partir de uma perspectiva jurídica as reivindicações que, em última instância, nos fazem chegar ao segurado ante uma controvérsia com a empresa, para finalmente resolvê-la de acordo com o contrato e as leis vigentes.»

O fator humano também foi fundamental para Carolina: «eu destacaria o ambiente de trabalho, que incentiva a resolução dos assuntos com mais fluidez, e a equipe humana com quem compartilho meus dias, sempre disposta a solucionar quaisquer dúvidas que possam surgir», bem como o apoio da sua equipe de Recursos Humanos.

Fernando García
FERNANDO GARCÍA DE LA SANTA DE MEER

«Todas as pessoas deveriam passar por vários departamentos de uma mesma empresa, a fim de conhecer melhor a mesma e entender como e por que certas decisões são tomadas, novos projetos são abordados, etc. Estou convencido de que essa mobilidade enriquece a empresa e aqueles que fazem parte dela, ao abrir novas perspectivas e permitir que trabalhem em outros campos, mantendo o desafio profissional necessário para continuar crescendo como trabalhador e como pessoa. Temos a sorte de que a MAPFRE promove esse tipo de iniciativas e não devemos deixá-las passar.»

Essa mobilidade enriquece a empresa e aqueles que fazem p arte dela.

Sebastián Brugo
SEBASTIÁN BRUGO

«O processo de mobilidade te permite encontrar novos desafios e motivações. É por isso que acho muito interessante que a empresa ponha à sua disposição a oportunidade de aprender novas tarefas e continuar te formando e tendo um desenvolvimento dentro da empresa.»

O processo de mobilidade te permite encontrar novos desafios e motivações.

Isabel Díaz
ISABEL DÍAZ SANZ

«Acredito que tudo são vantagens, contribui muito, não se perde conhecimento importante existente na empresa. Com a mobilidade, você também pode aplicar o conhecimento de outras áreas mais distantes. Estou fazendo um trabalho verdadeiramente interessante e apaixonante, a mudança me incentivou a aprender coisas novas, renovarme em tudo, conhecer novos colegas e uma série de coisas muito positivas.»

Tudo são vantagens, contribui muito, não se perde conhecimento importante existente na empresa.

Matheus Vinucius
MATHEUS VINICIUS FERREIRA GALLO

«Penso que poucas experiências são tão enriquecedoras como trabalhar e viver fora do país em que nasceu. Dia após dia, nos detalhes mais sutis, passa a ser uma fonte de aprendizado. É uma oportunidade inesgotável de conhecer novos idiomas, novos métodos de trabalho, novos amigos, novos destinos de viagem e, assim, conhecer-se mais e valorizar seus próprios limites.»

Poucas experiências são tão enriquecedoras como trabalhar e viver fora do país em que nasceu.

Autumn Hicks
AUTUMN HICKS

«A mobilidade profissional é um aspecto muito importante na política de empregabilidade de qualquer empresa. A capacidade de crescer profissionalmente me ajudou pessoalmente, aumentando minha confiança, meu caminho para o sucesso e meu conhecimento. Fiz conexões profissionais dentro da empresa que me ajudaram a me moldar como funcionária e como pessoa. Me tornei mais extrovertida e estou disposta a explorar além dos limites da minha zona de conforto. Serei para sempre grata à mobilidade da MAPFRE.»

Fiz conexões profissionais dentro da empresa que me ajudaram a me moldar como funcionária e como pessoa.

Carolina Rodríguez
CAROLINA RODRÍGUEZ ALCALDE

«A mobilidade é uma oportunidade profissional e um enriquecimento inquestionáveis, tanto à nível pessoal como nos conhecimentos adquiridos, porque quando uma mudança ocorre, como no meu caso, depois de algum tempo desenvolvendo a mesma atividade, requer necessariamente a atualização de conceitos e o aprendizado de novos.

Entendo que toda mudança é positiva e que o crescimento profissional que ela implica também é positivo, pois te oferece oportunidades, conhecimentos e possibilidades de trabalhar com pessoas que de outra forma você não teria acesso.»

Oportunidade profissional indiscutível.

Você sabia?

A mobilidade é a principal via de desenvolvimento com a qual a MAPFRE permite que você foque em sua carreira com base em suas circunstâncias e preocupações profissionais e pessoais.

Para ajudá-lo nessa aventura, a MAPFRE põe à sua disposição a Sucess Factors, uma ferramenta de busca de vagas, com a qual você pode usar filtros (idioma, país, nível, função…), ver um histórico de seus processos e definir alertas de acordo com seus interesses.

Você também pode recomendar uma vaga para um colega, guardar uma vaga em seu histórico ou indicar pessoas que desejam trabalhar na MAPFRE e que, na sua opinião, são candidatos adequados.

O módulo de Mobilidade interna/ Referrals de Success Factors está a sua disposição no espaço Pessoas desde:

1. A seção “Meu desenvolvimento”, na seção Mobilidade do nosso site.

2. O ícone do SuccessFactors que você encontra na homepage é o que aparece acima. Esta ferramenta oferece a você:

  • Filtros diferentes – desde palavra-chave até o nível, cargo, empresa ou país – para encontrar mais rapidamente as vagas que te interessam
  • Criar alertas para determinadas vagas
  • Consultar as vagas às quais você já se inscreveu
  • Ver seu histórico
  • Salvar as vagas para que você possa se inscrever mais tarde

É importante que você mantenha seu perfi l profissional atualizado no Success Factors (Perfil do Empregado), porque ninguém melhor do que você para contar quais experiências profi ssionais e formações você tem, quais projetos você participou, os idiomas que você fala e suas preferências de mobilidade, tanto geográfi cas como funcionais. Esta é a informação com a qual o setor de Recursos Humanos irá avaliar sua candidatura e a que eles utilizam para pesquisar os candidatos que precisam.

Share This